fbpx

Deixa você mais inteligente

Livros nos expõem a 50% mais palavras do que assistir TV ou mesmo do que a participar de uma conversa entre pessoas com nível universitário, de acordo com um estudo da Universidade de Berkeley, na Califórnia. Pessoas expostas a maior vocabulário não apenas têm as maiores notas em testes de leitura e interpretação como em testes gerais de inteligência. Quanto antes se começa a ler, maior o nível de inteligência no futuro.

Aumenta o poder do seu cérebro

Ler pode fazer você não apenas ficar mais inteligente, mas melhorar a memória e a situação cardiovascular do seu cérebro. O hábito da leitura pode reduzir em 32% o seu tempo de declínio mental.

Combate o stress

Estressado? Abra um livro. Uma pesquisa da Universidade de Sussex mostrou que ler é o método mais eficiente para combater o estresse, mais do que ouvir música, tomar chá ou café ou mesmo dar uma caminhada.

Deixa você mais otimista e persistente na sua carreira e na vida em geral

Ler abre portas e faz a vida e as circunstâncias mais difíceis serem mais fáceis de ser compreendidas.

Faz você estar mais preparado para o futuro

Um estudo do National Endowment nos EUA descobriu que a leitura torna as pessoas mais engajadas politicamente, mais propensas a praticar exercícios e a absorver novas culturas, habilidades-chave em praticamente todos os desafios que enfrentaremos ao longo da vida.

Você aprende melhor

Se você está procurando por uma leitura poderosa, prefira o papel. Pesquisas mostram que a leitura em telas diminui o potencial do que você vai absorver em 20% a 30%.
Como pai ou mãe, você pode fazer a grande diferença na vida do seu filho. O nível de leitura dele vai determinar se ele vai bem ou não na escola e qual será seu crescimento pessoal e profissional no futuro, como diversas pesquisas e estatísticas já provaram.

Exemplo é tudo

A máxima de que para educar uma criança bastam três coisas (exemplo, exemplo e exemplo) é verdadeira também quando se trata de livros. Se você não enxerga na leitura uma atividade prazerosa, dificilmente seu filho pensará diferente. Você não vai convencer seu filho a ler se você não dá o exemplo. Se você já lê por prazer, ótimo, precisa apenas compartilhar o hábito em família. Se você não tem o hábito da leitura, comece a ler você também, ao lado do seu filho, e ele se sentirá inspirado. Não é uma mágica, acontece aos poucos e precisa de persistência. Mas isso fará uma enorme diferença no futuro e na carreira do seu filho – assim como na sua. Um dia você vai ser testemunha dessa transformação.

Deixe que os livros façam parte da vida em família

Tenha muitos livros em casa, não apenas numa biblioteca isolada, mas na sala, nos quartos, em ambientes com que todo mundo da família interage diariamente. Passe a ideia de que livros são bons companheiros para todas as horas e fazem parte da nossa vida.

Vá à livraria

Leve seu filho a uma livraria ou a uma biblioteca sempre que puder. Encoraje-o a olhar os livros, estimule-o com livros de acordo com o interesse dele. Tome um café, converse sobre os livros.

Combine o que seu filho gosta com o que encontra nos livros

Antes de oferecer um livro, veja quais são os interesses do seu filho. O melhor caminho para cativar alguém a ler é oferecer livros com que o leitor possa se identificar. Há livros para tudo, então certamente há livros que seu filho vai adorar; sua tarefa é descobri-los. Peça indicações, pesquise, veja nos sites as avaliações de outras pessoas sobre determinados livros. Isso é fundamental.

Seja curioso

Se você estiver lendo junto com seu filho, ou não, seja curioso. Mostre que você está muito interessado na história que leram. Faça perguntas que estimulem respostas criativas, como, por exemplo: O que você acha que vai acontecer agora? Você lembra o que aconteceu com esse personagem?

Aproveite toda oportunidade para ler

Esperando para ser atendido pelo médico? Boa hora para ler (lembre-se: você dá o exemplo). Carregue sempre um livro, ou dois, de preferência, um para você e outro para seu filho, e use esses momentos para abri-los.

Leia em voz alta

Leia regularmente para seu filho na hora de dormir, e às vezes faça o contrário, deixei que ele leia para você. É um jeito maravilhoso de encerrar seu dia gastando um tempo valioso com quem você ama.

Releia

Encoraje seu filho a reler aquilo que gostou muito. Certamente ele encontrará novas abordagens, coisas curiosas e um novo olhar sobre detalhes do livro que o fará gostar ainda mais da experiência.

Associe o livro a coisas boas

Mais do que achar importante, tente sempre plantar indiretamente a ideia de que livros são coisas muito legais. Quando for na festa de aniversário de um amiguinho da escola, por exemplo, leve um livro como presente. De vez em quando traga um livro como surpresa para seu filho, mas nunca o obrigue a ler. A forma mais fácil de afastar seu filho dos livros é transformar a leitura em obrigação. Não coloque metas de leitura, muito menos transforme a leitura em um castigo. Se ele não se interessar, pegue você o livro que deu a ele e leia, ou o convide para lerem juntos. Com tantas coisas tentando nos seduzir, é muito difícil, mas se conseguir de vez em quando trocar o celular, as séries de TV ou os videogames pela leitura de um livro, isso fará com que seu filho veja no livro uma opção melhor – lembra do exemplo?

Todo livro é legal

Não tenha preconceitos. Você não precisa ler os clássicos, mas é importante escolher bem o que você vai ler. A maioria das lojas tem indicações de leitura de acordo com as idades, e há milhares de formas de encontrar boas referências, desde uma conversa com amigos a uma pesquisa na internet. Histórias em quadrinhos, ficção científica, livros brinquedo, revistas, jornais, tudo é legal.