Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
21/06/2023

O Guns N’ Roses e a efervescente cena hard rock de Los Angeles

O hard rock é um dos gêneros musicais que destacou na década de 80, com nomes que se tornaram grandes expoentes do estilo e se tornaram fenômenos da história da música. O Guns N’ Roses foi um dos principais representantes do hard rock e fez seu nome das ruas da Sunset Strip, um trecho famoso da Sunset Boulevard, saindo de Los Angeles para ganhar o mundo com sua sonoridade diferenciada e seu estilo de vida polêmico e selvagem.

O livro A Saga do Guns N’ Roses – A Trajetória de uma das Maiores Bandas de Rock do Mundo, escrita pelo biógrafo Stephen Davis, finalmente chega ao Brasil pela editora Belas Letras. Além de contar a polêmica e improvável história do Guns N’ Roses, o livro também traz um recorte da cena hard rock da Sunset Strip.

Los Angeles acabou se tornando o principal cenário para as bandas de hard rock da década de 80. A Sunset Strip abrigava algumas casas de shows icônicas como o Whiskey A Go Go, The Roxy e Rainbow Bar, além de ter uma das principais casas de tatuagens, a Sunset Strip Tattoo, o que chamava a atenção das bandas e fazia a cena acontecer.

O Van Halen foi a banda que deixou sua marca em Los Angeles, sua cidade natal, popularizando o estilo festivo e incendiário de fazer música e intensificando o estilo de vida rock n’ roll.

Seguindo essa cartilha, bandas como o Mötley Crüe também fizeram história na cena musical da Sunset Strip. Com um estilo de vida ainda mais intenso que o do Van Halen, o grupo mergulhou no lema sexo, drogas e rock n’ roll, abusando dos excessos no visual ao utilizar calças coladas, maquiagens e cabelos longos.

Na década de 80, vários músicos tentavam a sorte em Los Angeles. Foi nesse período que nomes como Poison começaram a despontar na cena, seguindo os passos do Mötley Crüe, mas de forma menos profissional. Os integrantes que viriam a formar o Guns N’ Roses também se aventuravam pela efervescente cena da Sunset Strip.

Slash, Axl Rose, Steven Adler, Duff McKagan e Izzy Stradlin circularam por diversas bandas até se juntarem para formar o Guns N’ Roses. Axl fez parte do Hollywood Rose, Slash tocou no Poison e durante algum tempo houve essa “dança das cadeiras” entre os futuros colegas de bandas. Tudo isso porque o cenário musical de Los Angeles era prolífero e competitivo.

Quando o Guns N’ Roses finalmente se formou, logo começou a se tornar o protagonista da Sunset Strip, já que tinha um dos melhores guitarristas e o vocalista mais desejado da cena. Mesmo quando começou a despontar em Los Angeles, o Guns sempre fez questão de manter o cenário musical aquecido e ajudou algumas bandas a ganharem destaque ao tocar juntas, como é o caso do Faster Pussycat, que abriu alguns shows do Guns na época.

Todo esse cenário caótico, perigoso, festivo, polêmico e musicalmente movimentado foi essencial para a história do Guns N’ Roses. A banda teve sua ascensão na explosão do hard rock na década de 80, que vivia sua efervescência nas ruas da Sunset Strip.

Para mergulhar fundo no hard rock de Los Angeles e viver as experiências mais insanas e intensas da década de 80, a leitura do livro A Saga do Guns N’ Roses - A trajetória de uma das Maiores Bandas de Rock do Mundo é obrigatória!