Assinantes do Som na Caixa pagam:

Saiba mais

Descrição

“As cicatrizes físicas e emocionais da minha vida me lembram do quão catastrófico e épico meu fracasso de fato foi – e como não quero passar por isso de novo.
Minha história deve inspirar e ser um conto de advertência ao mesmo tempo. Assim espero.”



O livro de memórias honesto e divertido do cantor e compositor do Twisted Sister revela as histórias por trás da maquiagem maluca, da indumentária original, do cabelo comprido e de sucessos como “We’re Not Gonna Take It” e “I Wanna Rock”.
Dee Snider sempre se manteve focado em seu objetivo de se tornar famoso, evitou o estilo de vida depravado que destruiu a vida de muitos roqueiros e sobreviveu às instabilidades financeiras da indústria da música, graças ao que ele chama de “aquilo”: sua família, que é seu bem mais precioso.
Agora, ele compartilha sua jornada de altos e baixos, durante a qual permaneceu perseverante e confiante de suas qualidades – e sem levar desaforo para casa!
Nas palavras dele mesmo:
“Sexo, drogas e rock-and-roll.
Parece que as pessoas nunca se cansam de ouvir coisas a esse respeito. Acho que essa é a grande promessa (ou fracasso) do rock. Não para mim, mas para a maioria das pessoas. Se essa é a única coisa em que está interessado, este livro não é para você. Minha narrativa está mais para raiva, violência, amor e rock-and-roll.”

Quem amou amou também

  • capa-musica-para-viagem-VOLUME-2
    MÚSICA PARA VIAGEM - VOLUME 2 - A TRILHA SONORA DA MINHA VIDA E DO MEU TEMPO
    “Se eu fosse orquestrar a trilha sonora da minha vida não seria com uma música vencedora de um Oscar de esplendor sinfônico: seria um aglomerado de guitarra, baixo, bateria e vocal”. Na sequência desta viagem de carro com Neil Peart, chegamos ao parque nacional Big Bend, mas também passamos por Londres, pelo México, pela África e conhecemos diferentes fases da vida do mestre. Começamos pela efervescente Londres dos anos 70, parada obrigatória para qualquer jovem que sonhasse viver do rock’n’roll e tocar em uma banda. Depois, seguimos mais alguns quilômetros pelas rodovias dos Estados Unidos, não sem antes descobrir mais sobre os primeiros encontros e o teste para integrar o Rush. Também observamos alguns pássaros e percorremos trilhas na natureza, de olhos bem abertos para não esbarrarmos com um urso no meio do caminho. Ainda dá tempo de fazer uma parada no México para entendermos mais sobre a cultura dos músicos mariachis. Enquanto isso, no CD player do carro desfilam Coldplay, Madonna, Frank Sinatra, Dido, Radiohead… E assim partimos rumo à África, onde Neil relembra suas aventuras de bicicleta e encontra na percussão uma forte conexão com os moradores. Chegamos em casa e concluímos este passeio inspirador por uma mente musical, entendendo um pouco mais sobre como a música compôs a trilha sonora de uma vida em doses diárias de afirmação, emoção e catarse. R$ 69,90
  • Vivendo-como-uma-runaway-capa
    VIVENDO COMO UMA RUNAWAY
    “A MÃE DE TODO O METAL” REVELA TUDO “Uma crítica disse que éramos ‘garotas tentando agir como garotos’. Ela entendeu errado. Éramos garotas tentando ser melhores que os garotos. E eu estava determinada a fazer todos entenderem isso”. “A primeira heroína da guitarra do rock pesado” – Washington Post “Lita Ford é a guitarrista mais rock’n’roll que já ouvi. Nenhum músico, homem ou mulher, ficou melhor com uma Hammer Explorer do que ela.” – Slash “O relato da vida da única garota roqueira que tocava guitarra, mas que podia destruir os caras.” – Rolling Stone Empunhando sua inconfundível guitarra preta, Lita Ford destruiu os estereótipos de mulheres na música ao longo dos anos 1970 e 1980. Começou na primeira banda de rock feminina do mundo, The Runaways, depois partiu para uma carreira solo, conquistou um álbum de platina e dividiu o sucesso com Ramones, Van Halen, Mötley Crüe, Bon Jovi, Def Leppard, Poison e outros - e deu a Ozzy Osbourne seu primeiro sucesso no Top 10. Depois disso, a mãe do metal viveu mais de uma década de silêncio e escuridão, um casamento tumultuado que a deixou com a sensação de estar aprisionada e também isolada da cena do rock - e, de forma mais trágica - alienada de seus dois filhos. Mas ela não estava preparada para ir embora dos palcos definitivamente. Vivendo como uma Runaway é um mergulho transparente, eletrizante e, por vezes, devastador nas fantasias e na – frequentemente muito dura – realidade do rock’n’roll e da vida. Lita Ford revela a trajetória de uma pioneira que transformou rivais desconfiados ou assustados em colegas. E hoje é celebrada como “a primeira heroína da guitarra do rock pesado” (Washington Post). “Lita Ford, a arrasadora guitarrista da primeira banda de rock feminina do mundo, The Runaways, conta sua notável história em Vivendo como uma Runaway, um livro de memórias musicais cheio de aventuras.” - PARADE “Divertido, muitas vezes hilário... Deliciosamente detalhado... Ilimitado.” - PHILADELPHIA INQUIRER “Ford é uma contadora de histórias surpreendentemente habilidosa... Ela escreve de forma pungente.” - LOS ANGELES TIMES “Ninguém aproveitou mais a vida que a cantora de heavy metal Lita Ford.” - NEW YORK POST Tradução: Aline Naomi Sassaki R$ 79,90
  • Capa-Acid-flea-bookwire
    ACID FOR THE CHILDREN
    O aguardado (e badalado) livro de memórias do icônico baixista do Red Hot Chili Peppers chega ao Brasil pela Belas Letras. Em Acid for The Children, Flea conta a fascinante história de suas origens, dos altos vertiginosos aos baixos na sarjeta que você gostaria de ouvir de um rato de rua que se transformou num rock star mundialmente famoso. Por meio de anedotas hilárias, meditações poéticas e voos fantásticos ocasionais, Flea relata com habilidade as experiências que o forjaram como jovem artista e músico. Sua prosa onírica e influenciada pelo jazz faz a Los Angeles dos anos 1970 e 80 ganhar vida. Foi lá que o jovem Flea, buscando fugir de um lar turbulento, encontrou uma família na comunidade de músicos, artistas e junkies que também viviam à margem. Passava a maior parte do tempo em festas e cometendo pequenos delitos, mas foi na música onde encontrou um lugar para canalizar a frustração, a solidão e o amor. Isso o deixou aberto ao momento crucial em que ele e seus melhores amigos, irmãos de alma e comparsas tiveram a ideia de começar sua própria banda, que se tornou o Red Hot Chili Peppers. Acid For The Children é a estreia de uma voz literária estupenda, cuja prosa é tão espirituosa, divertida e imprevisível quanto o próprio autor. É uma história de formação sensivelmente nostálgica e uma carta de amor escancarada ao poder da música e da criatividade, de um dos artistas mais renomados do nosso tempo. R$ 84,90
  • capa-motley-crue---the-dirt-ebook
    THE DIRT: CONFISSÕES DA BANDA DE ROCK MAIS INFAME DO MUNDO
    A mais influente, duradoura e icônica banda de hard rock dos anos 1980 conta tudo nesta autobiografia de proporções épicas sobre quatro ícones do rock norte-americano. O Mötley Crüe foi a voz de uma Geração X que mal chegara à puberdade, os altos sacerdotes do rock de mensagens satânicas gravadas ao contrário nos discos, pioneiros do glam de Hollywood e os criadores da primeira power ballad da MTV. Eles se envolveram com celebridades e seus excessos deixariam até Ozzy Osbourne envergonhado. Escrito de maneira brilhante, sempre provocador e revoltante, este livro é um retrato dos estereótipos do rock 'n' roll. Inclui centenas de fotos e um olhar sem precedentes e sem filtros nas vidas de Tommy Lee, Mick Mars, Vince Neil e Nikki Sixx. Publicado originalmente em 2001, The Dirt inspirou o filme da Netflix e enfim chega às mãos dos fãs brasileiros. R$ 84,90
  • Woodstock
    A ESTRADA PARA WOODSTOCK
    TRÊS DIAS DE PAZ E MÚSICA. O ESPÍRITO NUNCA VAI MORRER O Festival de Woodstock, de 1969, é uma referência cultural norte-americana e mundial, e nenhum outro livro captura o ambiente, a música e as maquinações dos bastidores com mais brilho e fidelidade do que a obra de Michael Lang, um best-seller do New York Times. A estrada para Woodstock chega ao Brasil na efeméride dos 50 anos do festival, contando tudo o que você precisa saber sobre os três dias mais famosos na história da música. Lang revive a mágica para a geração que presenciou tudo aquilo... e também para as gerações seguintes. R$ 69,90
  • 10% off

    Janis
    COM AMOR, JANIS
    O livro que inspirou o aclamado documentário da Netflix Janis Joplin brilhou na cena musical dos anos 1960. Com uma voz rouca inconfundível e performances inesquecíveis no palco, a rainha do rock teve a vida interrompida tragicamente aos 27 anos, após uma overdose de heroína. Inspirada pelas centenas de cartas que Janis enviava para a família ao longo da carreira, a irmã Laura mostra em Com amor, Janis seu olhar sem julgamentos sobre uma artista talentosa que foi pouco compreendida simplesmente porque escolheu viver à sua maneira. Eu ouvia as seguintes palavras de minha irmã, que refletiam uma ideia de nossa criação comum: “Não comprometa a si mesmo, é tudo o que você tem”. Eu sabia que minha busca por Janis era a procura da verdade. Não poderia me contentar com nada menos que uma compreensão plena de sua vida, suas escolhas e seu tempo. Janis dizia: “Se deixe levar e você será muito mais do que jamais pensou em ser”. Livre de minha tristeza, estava livre para amá-la novamente. Deixei de lado minhas ideias prontas sobre Janis, disposta a deixar que sua vida me contasse o que podia. de R$ 69,90 por R$ 62,91
  • capa-anjos-do-tempo
    CLOCKWORK ANGELS: OS ANJOS DO TEMPO
    Os Anjos do Tempo é uma história de ficção científica escrita pelo mestre do gênero steampunk Kevin J. Anderson, inspirada nas músicas da lendária banda de rock Rush, em parceria com o compositor e baterista Neil Peart. Uma fábula nostálgica, estranha e encantadora, ilustrada pelo premiado designer Hugh Syme, sobre a beleza que há na luta entre a ordem e o caos, entre a realidade e o sonho. R$ 59,90
  • padrao-capa-site-belas-letras
    A HISTÓRIA DO ROCK PARA CRIANÇAS (E SEUS PAIS FANÁTICOS)
    O PRESENTE IDEAL PARA MANTER O ESPÍRITO DO ROCK N’ ROLL VIVO PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES! Edição especial de luxo em capa dura e toda colorida. Capítulo extra especial com sete bandas e artistas de rock brazucas. Quais são as melhores canções de rock de todos os tempos? Quem são as lendas musicais mais famosas? Como você pode se tornar uma estrela do rock? Dos ritmos estrondosos do rock and roll dos anos 1950 aos hinos psicodélicos do século 21, descubra a música que moveu nossos pés, tocou nossas almas, deixou nossos corações partidos e mudou o mundo. Explore ícones musicais, suas histórias incríveis, seus sucessos no topo das paradas e os movimentos artísticos influenciados pela explosão criativa do rock. Quer você seja louco por Bowie, obcecado por Otis, louco por Mumford & Sons, apaixonado por Patti ou louco por Kurt, este é o livro perfeito para grandes fãs, pequenos punks e qualquer pessoa que queira aprender o que é realmente necessário para ser um estrela do rock. R$ 84,90
  • uma-vida-sem-mascaras
    UMA VIDA SEM MÁSCARAS
    PELA PRIMEIRA VEZ, O STARCHILD SEM NENHUMA MAQUIAGEM. Conhecido por seu personagem de palco, Starchild , Paul Stanley escreveu um livro de memórias emocionante que é uma combinação de revelações pessoais e bravas histórias de guerra sobre os altos e baixos tanto dentro como fora do KISS, uma das maiores bandas de rock do mundo em atividade. Nascido com uma doença chamada microtia (uma deformidade na orelha que causa surdez no lado direito), as experiências traumáticas de infância produziram em Stanley uma vontade de ser bem-sucedido na área mais improvável: a música. Conduzindo o leitor por uma série de eventos que levaram à fundação do KISS, as relações pessoais que ajudaram a moldar sua vida e a dinâmica turbulenta entre os colegas de banda ao longo dos últimos quarenta anos, este livro não deixa ninguém ileso inclusive o próprio Stanley. Com fotos nunca antes vistas, Uma vida sem máscaras é um retrato vibrante de um homem e da banda que ele ajudou a criar, definir e sustentar. Uma história às vezes honesta e chocante; às vezes engraçada e inspiradora, vista, pela primeira vez, sem nenhuma maquiagem. R$ 84,90
-+