Assinantes do Som na Caixa pagam:

Saiba mais

Descrição

LEMMY KILMISTER, O LENDÁRIO E IRREVERENTE FUNDADOR DO MOTÖRHEAD, CONTA SUA PRÓPRIA HISTÓRIA NA AUTOBIOGRAFIA MAIS EXCÊNTRICA DE TODOS OS TEMPOS!

Não recomendo meu estilo de vida. Ele vai acabar com qualquer pessoa comum. Não é piada!
“Preciso te contar uma coisa”, disse meu empresário. “Sangue puro vai matar você.”
“O quê?”
“Você não tem mais sangue humano. E também não pode doar sangue. Esqueça, você mataria uma pessoa comum porque você é muito tóxico.”

A febre da linha branca traça os caminhos de excessos de Lemmy Kilmister, que sempre se manteve fiel à sua música e aos seus prazeres, oferecendo um relato às vezes hilário e muitas vezes ultrajante do vocalista da banda de rock mais barulhenta do mundo.
É a autobiografia do homem que esteve na primeira banda britânica a tocar atrás da Cortina de Ferro, que foi roadie de Hendrix, que ajudou a impulsionar o rock psicodélico extremo para dentro das mentes britânicas e que criou a banda de rock mais barulhenta que você já ouviu.

Quem amou amou também

  • Lançamento

    Bombando

    mockup-cala-a-boca-e-me-da-esse-microfone-2
    KIT CALA A BOCA E ME DA ESSE MICROFONE: MEMORIAS DESVAIRADAS
    “As cicatrizes físicas e emocionais da minha vida me lembram do quão catastrófico e épico meu fracasso de fato foi – e como não quero passar por isso de novo. Minha história deve inspirar e ser um conto de advertência ao mesmo tempo. Assim espero.” O livro de memórias honesto e divertido do cantor e compositor do Twisted Sister revela as histórias por trás da maquiagem maluca, da indumentária original, do cabelo comprido e de sucessos como “We’re Not Gonna Take It” e “I Wanna Rock”. Dee Snider sempre se manteve focado em seu objetivo de se tornar famoso, evitou o estilo de vida depravado que destruiu a vida de muitos roqueiros e sobreviveu às instabilidades financeiras da indústria da música, graças ao que ele chama de “aquilo”: sua família, que é seu bem mais precioso. Agora, ele compartilha sua jornada de altos e baixos, durante a qual permaneceu perseverante e confiante de suas qualidades – e sem levar desaforo para casa! Nas palavras dele mesmo: “Sexo, drogas e rock-and-roll. Parece que as pessoas nunca se cansam de ouvir coisas a esse respeito. Acho que essa é a grande promessa (ou fracasso) do rock. Não para mim, mas para a maioria das pessoas. Se essa é a única coisa em que está interessado, este livro não é para você. Minha narrativa está mais para raiva, violência, amor e rock-and-roll.” R$ 84,90
  • Capa-diarios-ebook
    DIÁRIOS KURT COBAIN (ED. CAPA DURA)
    O MAIS PRECIOSO RETRATO SOBRE A VIDA E OS PENSAMENTOS DE KURT COBAINPela primeira vez, 27 anos depois da morte de Kurt Cobain, seus diários finalmente chegam ao Brasil traduzidos para o português. Durante sua carreira, o líder do Nirvana preencheu cadernos com letras de música, desenhos e reflexões sobre seus planos para a banda, bem como pensamentos sobre fama, o status da música e as pessoas que compraram e venderam sua música. Os Diários revelam um artista que amava música e estava determinado a definir seu lugar na história do rock.Este é o melhor e o mais precioso retrato sobre a vida e os pensamentos de Kurt Cobain, que ele próprio escreveu à mão sem imaginar que um dia se tornaria um documento para a história do rock e um presente para milhões de órfãos do Nirvana.Finalmente, 27 anos depois de sua morte, seus cadernos com letras de música, desenhos e reflexões estão reunidos nesta edição bilíngue, com as anotações do autor originais em inglês e, ao lado, a tradução para o português.“Não leia meu diário quando eu não estiver aqui.”Esboços das grandes canções, pensamentos à frente do seu tempo, situações antes e durante a fama e todo seu desconforto com ela, a relação com as drogas, os sentimentos, as emoções, os desabafos, as ideias. Tudo isso é contado ao leitor por Kurt, da forma mais crua possível.“Nossa, meu Deus, eu não consigo lidar com o sucesso! E eu me sinto tão incrivelmente culpado!”Ler seus Diários é mergulhar na mente de Kurt, que era criativa e genial, mas ao mesmo tempo depressiva e inquieta.Se você ler, você vai julgar. R$ 139,90
  • Vivendo-como-uma-runaway-capa
    VIVENDO COMO UMA RUNAWAY
    “A MÃE DE TODO O METAL” REVELA TUDO “Uma crítica disse que éramos ‘garotas tentando agir como garotos’. Ela entendeu errado. Éramos garotas tentando ser melhores que os garotos. E eu estava determinada a fazer todos entenderem isso”. “A primeira heroína da guitarra do rock pesado” – Washington Post “Lita Ford é a guitarrista mais rock’n’roll que já ouvi. Nenhum músico, homem ou mulher, ficou melhor com uma Hammer Explorer do que ela.” – Slash “O relato da vida da única garota roqueira que tocava guitarra, mas que podia destruir os caras.” – Rolling Stone Empunhando sua inconfundível guitarra preta, Lita Ford destruiu os estereótipos de mulheres na música ao longo dos anos 1970 e 1980. Começou na primeira banda de rock feminina do mundo, The Runaways, depois partiu para uma carreira solo, conquistou um álbum de platina e dividiu o sucesso com Ramones, Van Halen, Mötley Crüe, Bon Jovi, Def Leppard, Poison e outros - e deu a Ozzy Osbourne seu primeiro sucesso no Top 10. Depois disso, a mãe do metal viveu mais de uma década de silêncio e escuridão, um casamento tumultuado que a deixou com a sensação de estar aprisionada e também isolada da cena do rock - e, de forma mais trágica - alienada de seus dois filhos. Mas ela não estava preparada para ir embora dos palcos definitivamente. Vivendo como uma Runaway é um mergulho transparente, eletrizante e, por vezes, devastador nas fantasias e na – frequentemente muito dura – realidade do rock’n’roll e da vida. Lita Ford revela a trajetória de uma pioneira que transformou rivais desconfiados ou assustados em colegas. E hoje é celebrada como “a primeira heroína da guitarra do rock pesado” (Washington Post). “Lita Ford, a arrasadora guitarrista da primeira banda de rock feminina do mundo, The Runaways, conta sua notável história em Vivendo como uma Runaway, um livro de memórias musicais cheio de aventuras.” - PARADE “Divertido, muitas vezes hilário... Deliciosamente detalhado... Ilimitado.” - PHILADELPHIA INQUIRER “Ford é uma contadora de histórias surpreendentemente habilidosa... Ela escreve de forma pungente.” - LOS ANGELES TIMES “Ninguém aproveitou mais a vida que a cantora de heavy metal Lita Ford.” - NEW YORK POST Tradução: Aline Naomi Sassaki R$ 79,90
  • A-ira-de-nasi
    A IRA DE NASI
    Nasi não nasceu para ser santo. Nasceu para ser a voz de um pecado capital. Quando foi fundo ele acabou indo além do permitido e recomendado. E, na volta, trouxe com ele tudo que o dragou do melhor e do pior. Nas travessias ao céu e nas travessuras abaixo do inferno das drogas químicas e das porcarias das pessoas físicas e jurídicas que experimentou, o ex-vocalista do Ira! se tornou homem com todas as letras. Desde as bem feitas e de boa métrica até as malfaladas e malditas. Você ficará vermelho de raiva e de paixão com a história de um dos roqueiros mais polêmicos do Brasil, com tantas tretas que fizeram da vida de Marcos Valadão, este Wolverine brasileiro contraditório e solitário, coisa de ficção, de horror, de comédia e de drama, mas também de muito amor. R$ 39,90
  • capa-diarios-da-heroina-ebook
    DIÁRIOS DA HEROÍNA - UM ANO NA VIDA DE UM ROCK STAR DESPEDAÇADO
    Perca o fôlego nesta temporada pelo inferno e aventure-se por um best-seller do New York Times: a história de um sobrevivente, num dos mais “angustiantes” (Rolling Stone) e “comoventes” (The New York Times) livros de memórias sobre o vício já publicados. Nikki Sixx, o rock star antes despedaçado, compartilha passagens viscerais de seus diários do ano em que se lançou ao desespero, quando gastou milhares de dólares em drogas e chegou a ser declarado morto. Um relato impressionante da vida até o limite da decadência e a corajosa decisão de se levantar e começar a viver novamente. Em fotos inéditas e novos capítulos exclusivos nesta edição atualizada e comemorativa de dez anos, Sixx reflete sobre estar sóbrio há mais de uma década. R$ 84,90
  • uma-vida-sem-mascaras
    UMA VIDA SEM MÁSCARAS
    PELA PRIMEIRA VEZ, O STARCHILD SEM NENHUMA MAQUIAGEM. Conhecido por seu personagem de palco, Starchild , Paul Stanley escreveu um livro de memórias emocionante que é uma combinação de revelações pessoais e bravas histórias de guerra sobre os altos e baixos tanto dentro como fora do KISS, uma das maiores bandas de rock do mundo em atividade. Nascido com uma doença chamada microtia (uma deformidade na orelha que causa surdez no lado direito), as experiências traumáticas de infância produziram em Stanley uma vontade de ser bem-sucedido na área mais improvável: a música. Conduzindo o leitor por uma série de eventos que levaram à fundação do KISS, as relações pessoais que ajudaram a moldar sua vida e a dinâmica turbulenta entre os colegas de banda ao longo dos últimos quarenta anos, este livro não deixa ninguém ileso inclusive o próprio Stanley. Com fotos nunca antes vistas, Uma vida sem máscaras é um retrato vibrante de um homem e da banda que ele ajudou a criar, definir e sustentar. Uma história às vezes honesta e chocante; às vezes engraçada e inspiradora, vista, pela primeira vez, sem nenhuma maquiagem. R$ 84,90
-+