Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
28/08/2023

Everett True e a cena grunge: A relação do jornalista com o Nirvana

Everett True e a cena grunge: A relação próxima do jornalista com o Nirvana e o explosivo cenário musical de Seattle


O grunge saiu de Seattle para dominar as paradas musicais na década de 90. O gênero musical, que se destacou por sua abordagem inovadora, com guitarras barulhentas, distorções, berros, melodias e letras calcadas em temáticas sombrias, catapultou diversas bandas para as paradas de sucesso, predominando até meados dos anos 90. O grunge chegou até mesmo a ditar a moda, com os ouvintes se espelhando no modo de se vestir das bandas da época, que usavam camisas de flanela, jeans surrado e rasgado, cabelos cumpridos e tênis all star.

Um dos principais representantes de toda essa explosão musical vinda de Seattle era o Nirvana. A banda liderada pelo vocalista e guitarrista Kurt Cobain revolucionou o rock com sua música pesada, agressiva e ao mesmo tempo radiofônica. A trajetória da banda que se tornou uma das mais relevantes e influentes da história da música é contada de maneira sincera e visceral no livro Nirvana – A Verdadeira História, que finalmente ganhou sua edição brasileira pela editora Belas Letras.

A obra é resultado do trabalho de pesquisa do jornalista musical Everett True, que foi um dos primeiros a cobrir a cena grunge de Seattle. True também tinha uma relação próxima com o Nirvana, tendo acesso privilegiado aos bastidores da banda, além de ter participado de momentos marcantes da carreira do grupo.

Mas quem é Everett True e qual a sua verdadeira relação com o Nirvana?

Chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre o autor da biografia mais importante sobre o Nirvana.

A conturbada história de Everett True com o Nirvana e a cena alternativa de Seattle

O jornalista Gavin McInnes, que seria conhecido mundialmente pelo pseudônimo de Everett True, inspirado pelo personagem de uma tira em quadrinhos chamada The Outbursts of Everett True, foi uma figura importante na cena musical de Seattle da década de 80 e início dos anos 90.

True começou sua carreira como jornalista musical na década de 80, em veículos de comunicação como a Sounds e a Melody Maker. Ele esteve envolvido desde cedo com a cena musical alternativa de Seattle, desempenhando um papel importante na promoção do grunge, gênero que até então era embrionário e pouco conhecido. True ajudou a promover bandas como MudhoneyTad e o próprio Nirvana.

O jornalista logo percebeu o talento emergente do Nirvana em meio as outras bandas do cenário underground e publicou em 1989 uma resenha sobre Bleach, álbum de estreia do grupo, para a revista britânica Melody Maker. True elogiou a autenticidade e a energia crua do Nirvana, chamando a atenção do público britânico, e se tornou um defensor do Nirvana. Foi nessa época que sua relação com a banda começou a se consolidar, permitindo que o jornalista cobrisse a ascensão meteórica do Nirvana.

A relação entre True e o Nirvana foi evoluindo e o jornalista acabou desenvolvendo uma amizade com os membros, em especial com Kurt Cobain. Foi ele que apresentou Kurt para Courtney Love, que viria a se tornar sua esposa. O jornalista foi um dos poucos a saber sobre o relacionamento conturbado de Cobain e Courtney.

Porém, com o passar do tempo a relação entre True e o Nirvana começou a se desgastar, principalmente com a comercialização da banda, em especial no lançamento do estrondoso e avassalador Nervermind, fato que causou descontentamento em True, que passou a tecer críticas sobre o Nirvana nesse período. Apesar dos atritos, True continuou a cobrir a banda e escrever sobre o Nirvana, além de estar presente em momentos marcantes na carreira do grupo, como quando empurrou Kurt Cobain na carreira de rodas na entrada do lendário show no Reading Festival em 1992.

True foi o único jornalista que teve acesso direto à casa de Kurt Cobain imediatamente após sua morte. Ele passou a se desentender com Courtney Love e chegou a criticar sua influência sobre o legado da banda após a morte de Kurt. A relação entre o jornalista e o Nirvana sempre foi complexa e cheia de altos e baixos, mas True desempenhou um papel importante na trajetória da banda, o que o tornou uma figura notável na história do rock alternativo. Nos últimos anos se tornou uma figura importante no ativismo pela saúde mental e bem-estar emocional na indústria musical.

Para conhecer afundo a trajetória do Nirvana e entender sua relação com Everett True, não deixe de levar para sua biblioteca musical o livro Nirvana – A Verdadeira História. Um relato definitivo e emocionante sobre uma das maiores bandas da história do rock alternativo.