fbpx

voltar Criatividade 28/09/2020 Você confia em si mesmo?

Os pássaros podem nos ensinar muito mais do que nós imaginamos. Contemplá-los em meio à natureza pode ser uma terapia. Neil Peart, o lendário baterista da banda canadense Rush, considerava-se um birdwatcher, ou seja, um observador de pássaros. Na arte (a célebre pomba de Picasso) na música (Blackbirds dos Beatles, a música que muitos interpretam como uma referência à luta das mulheres negras), em centenas de poemas e livros, eles estão lá, habitando nosso imaginário.

Uma das maiores lições que esses serzinhos podem nos dar é sobre autoconfiança. Você já reparou em como os pássaros pousam nos galhos das árvores? Muitas vezes eles não têm medo de agarrar suas patinhas em galhos muito finos, frágeis, para descansarem. Às vezes o vento pode balançar a árvore, não importa a intensidade, mas eles continuam ali, sem medo. Mesmo apoiados sobre um galho muito frágil, eles sentem segurança onde estão. A consistência da superfície não importa.

Eles se sentem autoconfiantes porque conhecem suas asas e confiam no poder delas; eles sabem que têm capacidade para encontrar um outro galho por conta própria se precisarem sair. Os pássaros confiam no poder das suas asas pois lembram que, quando eram filhotes, caíram várias vezes até se sentirem seguros e agora nada tira deles esse poder. Os pássaros aprenderam a não ficar no conforto do seu ninho porque precisam migrar de acordo com as estações; eles não podem ficar inseguros sobre seguir o fluxo da vida, onde ela estiver.

Somos capazes de muito mais coisas do que percebemos na vida cotidiana. Quando paramos de nos concentrar nas coisas que nos prendem dentro de nós conseguimos voar mais longe. A confiança não é algo que se aprende dos outros; é algo que se constroi dentro de si. Você decide ser mais confiante, escolher as interpretações positivas, construir suas asas indo em busca de conhecimento, experiência. É você quem decide cuidar de si mesmo.

Desejo que nesta semana você consiga olhar mais para suas asas do que para seus pés!

 

Dica de um pequeno exercício para melhorar a autoestima: se quiser te convido a parar mais uns minutos depois de ler este texto e escrever em 10 tópicos coisas que você fez este ano das quais se orgulha muito. Deixe em algum lugar visível e leia em voz alta sempre que olhar para ele. Garanto que o dia vai ser bem diferente.

 

PSC: esse é um texto em homenagem à nossa colega Verena Borelli, indicada na semana passada ao Prêmio Jovens Talentos, o mais importante do mercado editorial brasileiro.

 

#SegundaDaCriatividade #BelasLetras #BomDia