fbpx

voltar Criatividade 14/09/2020 Que tal mudar o roteiro esta semana?

Em 2014, os servidores do sistema de metrô de Londres fizeram uma greve de dois dias. A paralisação fechou cento e setenta e uma das duzentas e setenta estações da cidade, fazendo os usuários se debaterem para encontrar rotas alternativas usando ônibus, trens de superfície ou as estações que permaneciam abertas. Muitas dessas pessoas usam cartões eletrônicos, válidos em todas as formas de transporte público, e depois da greve três economistas examinaram os dados gerados por esses bilhetes. Os pesquisadores conseguiram ver que a maioria das pessoas usou uma rota diferente para ir trabalhar nos dias da greve, sem dúvida com algum incômodo.

Mas o surpreendente foi que, quando a greve acabou, nem todo mundo voltou a usar suas rotas habituais. Um em cada vinte usuários de transporte que haviam mudado de caminho continuaram com a rota alternativa da paralisação; eles possivelmente descobriram que ela era mais rápida, mais barata ou preferível de alguma outra maneira ao seu trajeto antigo.

Tendemos a pensar que os passageiros têm a sua rota para o trabalho aperfeiçoada ao máximo; mas não é o caso. Uma minoria considerável de imediato encontrou um aprimoramento na jornada que vinha fazendo há anos. Tudo que eles precisavam era um choque inesperado para forçá-los a buscar algo melhor.

Enquanto você explorar as mesmas abordagens e caminhos de sempre, você fica mais e mais competente em lidar com aquele lugar. Os seus lugares-comuns se tornam cada vez mais comuns.

Essa é a teoria do músico Brian Eno, que trabalhou com ninguém menos que David Bowie (ainda vou escrever sobre ele aqui). Mas, quando você é forçado a começar com algo novo, os lugares-comuns podem ser substituídos por algo inesperado: momentos de magia.

Que tal esta semana você planejar uma pequena mudança na ordem do seu dia, para ver o que acontece? Que tal pegar um caminho diferente, completamente aleatório, mudar seus horários de trabalho, inverter uma rotina? Ou mesmo parar no meio da tarde para fazer algo prosaico como observar os pássaros ou as pessoas na rua por alguns minutos?

Que esta semana te traga muitos momentos de magia!

PS: a inspiração para este texto veio do maravilhoso livro Caos Criativo, do economista Tim Harford.

 

#SegundaDaCriatividade #BomDia #BelasLetras

 

@guertlergustavo não é filósofo, não é psicólogo, não é palestrante, não é coach, não é guru do marketing, além de não ser mais um monte de coisas. Ele é gente, apenas – e às vezes vai para a Belas Letras trabalhar também.