fbpx

voltar Criatividade 18/11/2019 Que tal agradecer AGORA?

Os chineses (sempre eles) têm uma expressão que, em português, seria mais ou menos algo como “quem come o caranguejo primeiro”. Não tinha muita ideia do que ela significava até comer, no ano passado, um caranguejo pela primeira vez. Primeiro, que é muito difícil de saber o que fazer, quando olhei aquele bicho no meu prato (na tábua, na verdade) nem sabia por onde começar, e nem exatamente o que era para comer ou não, tanto que havia um chef ali de prontidão só para “tirar dúvidas”. Segundo, que comer um caranguejo é um exercício de paciência, para ter uma recompensa bem pequena até você ter mais destreza em abri-lo – no começo, leva um tempinho pra quebrar as patinhas pequenas pra você receber em troca só uns fiapos de carne.

A primeira vez que você come o caranguejo, como eu, provavelmente vai sair de lá e passar no primeiro Burguer King que encontrar. Mas aos poucos você vai pegando o jeito e, um dia, o caranguejo não vai mais te deixar passando fome.

Os chineses usam essa metáfora nos negócios para valorizar aquela pessoa que aposta pela primeira vez em algo desconhecido, sem certeza de retorno. Por exemplo, alguém que acredita em você e vai correr riscos ao seu lado, abrir um negócio novo, apostar em um mercado desconhecido, enfim, correr o risco de ser o primeiro a comer aquele caranguejo porque não vai ser fácil tirar a carne, primeiro vai ter que usar o martelo, aprender onde bater pra não perder tudo, começar pelas partes menores, quebrar as partes duras, para depois receber muito pouco ainda em troca. Essas pessoas os chineses valorizam mais do que outras quando as coisas começam a dar certo, dão mais ajuda, porque foram elas as primeiras a tentar comer o caranguejo.

Pense nas pessoas que estiveram ao seu lado, seja profissionalmente, ou pessoalmente, aceitaram comer o caranguejo com (ou por) você, e não abandonaram você antes de aprender como tirar o alimento do meio das cascas. Algumas delas vieram à sua cabeça? Que tal tirar um momento esta semana para agradecer a elas AGORA, mesmo que elas não façam mais parte da sua vida?

 

Boa semana!

#SegundaDaCriatividade

#BomDia

#BelasLetras

 

Gustavo Guertler não é filósofo, não é psicólogo, não é palestrante, não é coach, não é guru do marketing, além de não ser mais um monte de coisas. Ele é gente, apenas – e às vezes vai para a Belas Letras trabalhar também.

Criatividade
09/12/2019

O que você aprendeu este ano?

Criatividade
06/12/2019

Para não ficar parado

Criatividade
27/11/2019

Eu sou a Mari e eu mudei

Criatividade
16/09/2019

Emprego de merda

Criatividade
02/12/2019

Você vai morrer

Criatividade
11/11/2019

Por que ler + ?

Criatividade
04/11/2019

Que paixões te guiam?

Criatividade
28/10/2019

O que é deixar uma marca no mundo?

Criatividade
21/10/2019

Você não é insubstituível