fbpx

voltar Criatividade 26/10/2020 Que olhar de criança você ainda cultiva dentro de si?

A Aurora é a caçula do Marcos Piangers, nosso autor do best-seller O papai é pop. O mais legal da Aurora é que para ela está tudo bom, sempre. Uma vez o Piangers foi chamado para fazer um trabalho no Rio de Janeiro e, por causa das aulas e de outros compromissos da mãe, só poderiam ir pai e filha. Quando ele contou para ela, a Aurora reagiu assim: “UHUU!”. Uns dias depois de ele combinar a viagem, o contratante acabou cancelando o trabalho. De novo o Piangers precisou explicar: "Aurora, cancelaram a viagem pro Rio, não vamos mais”. E sabe como a Aurora reagiu? “UHUU!” A Aurora gosta das coisas do mundo. Está sempre feliz, aliás, como muitas crianças. 

Não sei se você conhece essa história, sobre a criança otimista e a pessimista. Uma era muito pessimista, achava tudo ruim. A outra era completamente otimista, tudo estava bom.

No Natal, os pais pensaram: "O que a gente vai dar pros nossos filhos?”.

Para o filho pessimista, encheram seu quarto com brinquedos novos. Os melhores brinquedos, os mais caros e coloridos e interessantes. Quando o filho pessimista olhou para o quarto voltou chorando para os pais e disse: "Puxa vida, vocês me deram brinquedos demais. Eu tenho certeza que eu vou abrir e algum vai quebrar”.

Para o filho otimista os pais prepararam uma surpresa: encheram o quarto dele de cocô de cavalo. Os pais ficaram esperando. O filho otimista apareceu depois de alguns minutos, feliz e empolgado. Olhou para os pais e perguntou: “Cadê o pônei?”

As crianças muitas vezes são capazes de olhar para a vida com um olhar não apenas otimista, mas mágico; são capazes de abstrair as coisas duras da vida e imaginar, de se maravilhar com aquilo que descobrem, por mais simples que seja.
 

Que tipo de magia você consegue guardar e projetar no mundo adulto que você vive ?

Desejo uma semana cheia de cocô de pônei pra você!

PS: Este texto é inspirado em uma palestra exclusiva do Piangers para a Belas Letras, que ele deu em novembro de 2018.

IMPORTANTE: estou estreando hoje um projeto (não quero chamar de curso) chamado Escrita Criativa Para Pagar Boletos. Por enquanto é de graça, vai durar 10 dias e ocupar não mais do que 10 minutos do seu tempo diário. É para quem quer trabalhar com conteúdo nas redes sociais ou escrever um livro. Seria um prazer contar com sua participação. Aqui o link para o curso!