fbpx

voltar Criatividade 03/05/2021 Quanto valem as suas cicatrizes?

Kintsugi é uma técnica artesanal japonesa para reparar peças quebradas, principalmente tigelas de chá. A origem dessa técnica é encaixar e “polvilhar” os cacos de vidro com ouro, para consertar a cerâmica. Depois de pronta, as rachaduras ficam aparentes, com os fios de ouro realçando-as, e a peça acaba se tornando mais valiosa do que era antes de se quebrar, mesmo agora sendo imperfeita. As tigelas tratadas com esse método exibem as feridas do passado, mas deixam de ser um objeto feito em série para se tornarem únicas no mundo.

A INTENSIDADE E A BELEZA DA NOSSA VIDA ESTÃO NAS CICATRIZES QUE CARREGAMOS.

É isso que nos faz especiais, as coisas difíceis que nos deixaram em pedaços mas das quais temos orgulho por ter passado, entendido e superado. É assim que nos tornamos pessoas e profissionais mais valiosos do qualquer outra ‘tigela’ que está sempre em busca do conforto de uma vida intacta.

Uma semana de cicatrizes douradas para você!

Importante: esta #SegundaDaCriatividade surgiu, curiosamente, das sugestões de duas pessoas na mesma semana, a Fer, do nosso editorial, e a relações públicas e leitora Amanda Takassiki, da Escola de RP (aliás, o perfil dela é maravilhoso, uma super dica de bom conteúdo no Instagram).

 

#SegundaDaCriatividade #BomDia #BelasLetras