fbpx

voltar Criatividade 20/04/2020 Qual é a pergunta que você precisa responder agora?

Quando nossa vida vai voltar ao normal? Como será o mundo que vamos encontrar? Ursula Le Guin, uma escritora de ficção científica que morreu dois anos atrás, dizia o seguinte: "Não existem respostas certas para as perguntas erradas".

De muitas formas, essas perguntas são completamente irrelevantes porque não temos o controle sobre as respostas a elas. A incerteza, um dos nossos maiores medos, é a bola da vez. É perda de tempo e energia nos angustiarmos com coisas que não podemos mudar. Como os filósofos estoicos já pregavam há mais de dois mil anos, nós agora não conseguimos interferir naquilo que acontece do lado de fora do nosso isolamento. Mas nós podemos, sim, controlar como vamos passar por essa experiência. Uma vez que você aceita que podemos dar um significado próprio, singular, a tudo que acontece na sua vida, estará mais próximo de sentir que você não é uma vítima dos imprevistos, mas um agente de mudança.

A futurista Amy Webb, em uma live na semana passada, provocou as pessoas a refletirem sobre uma outra pergunta para si mesmas: "O que eu posso fazer nesse momento dentro das coisas que sou capaz de controlar na minha vida, considerando que 'isso' não vai nunca mais passar?". Se você tem um cliente, que tal pensar em maneiras mais criativas de ajudá-lo? Se você perdeu o emprego, que tal pensar em suas habilidades e em como elas podem ser úteis para outras áreas nesse momento? Se você depende de algum fornecedor que parou, que tal aproveitar o momento para buscar uma rede maior, para não ficar dependente no futuro? 

Muitas pessoas focam em encontrar respostas para um problema e, quando encontram uma resposta, percebem que tinham focado no problema errado. Que tal rascunhar agora num pedaço de papel as perguntas certas ao invés de buscar respostas erradas? O livro E   se fosse diferente?, do Braga e do Gab Gomes, pode te ajudar nesse exercício também. Ao invés de te dar respostas, ele ensina a fazer perguntas.

Uma semana com um grande ponto de interrogação pra você!

 

#SegundaDaCriatividade #BelasLetras #BomDia

 

@guertlergustavo não é filósofo, não é psicólogo, não é palestrante, não é coach, não é guru do marketing, além de não ser mais um monte de coisas. Ele é gente, apenas – e às vezes vai para a Belas Letras trabalhar também.