Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
15/08/2023

As etapas e os custos para produzir um livro em 2023

Os bastidores da produção de um livro: As etapas e os custos para produzir um livro em 2023


A produção de um livro segue sendo uma jornada de paixão, sacrifício, investimento e muitos malabarismos para conseguir entregar um material de qualidade por um preço justo para os amantes da leitura. O mercado editorial continua passando por mudanças e alterações nos custos tanto de matéria-prima quanto de mão de obra, o que acaba impactando diretamente no preço de capa dos livros.

Para manter a qualidade que os livros pedem, é necessário passar por reajustes de preços em determinados períodos do ano. Com o segundo semestre a todo vapor, algumas editoras são impactadas pelas mudanças de mercado e tendo que fazer reajustes de preços pontuais, como é o caso da editora Belas Letras, que para continuar entregando suas edições com a qualidade que o leitor merece, acaba passando por mais um inevitável reajuste médio de preço.

Mas para entender um pouco melhor todas as etapas da produção de um livro, seus custos e fazer um comparativo com 2022, vamos explicar toda essa jornada que leva até o produto final, os nossos adorados livros.

PRODUÇÃO EDITORIAL

Existem quatro etapas principais no processo de produção editorial: tradução, revisão, preparação e edição. A tradução é essencial para títulos que a editora adquire de fora e são escritos em outra língua. A mão de obra de produção teve um aumento de 10% em relação ao ano de 2022. A revisão é um procedimento crucial para polir o conteúdo e eliminar possíveis falhas e fazer ajustes necessários no texto. O processo de revisão também sofreu um aumento médio de 12,5%. A preparação é uma das etapas finais envolvendo a parte textual, onde o profissional faz os ajustes de formatação, padronização e design. A etapa de preparação teve um aumento médio de 6,25% em sua mão de obra em um comparativo com 2022. A edição teve um aumento médio no mercado de 10% em relação a 2022.

DESIGN E ILUSTRAÇÕES

O projeto gráfico de um livro é praticamente um cartão de visitas para o leitor. A arte da capa e toda a estética visual da obra, além das ilustrações internas (quando o livro exige), ficam por conta dos ilustradores e designers gráficos, que tiveram um aumento de aproximadamente 8% em sua mão de obra em 2023.

ISBN, REGISTRO LOCAL E ROYALTIES

O ISBN, que seria uma espécie de “RG” para publicações como livros teve um aumento de aproximadamente 5% comparado com 2022. Já os royalties, que são os pagamentos dos lucros de venda que o autor recebe acaba variando entre 8% e 10% sobre o preço de capa, para obras físicas, e 25% líquidos, para obras digitais (e-book, audiobook).

IMPRESSÃO E DISTRIBUIÇÃO

A fase final de produção do livro que consiste em imprimir o livro e fazer a distribuição também foi impactado em 2023. O processo de impressão teve um aumento médio de 8% e, na distribuição, uma média de 13%.

FRETE

Os custos de envio também foram impactados em 2022 e o setor logístico teve um aumento médio de 10% em seus serviços.

MAS QUANDO ACONTECE O REAJUSTE DE PREÇO?

O reajuste acontece no dia 1 de setembro e vai ter uma média de 7% em alguns títulos do catálogo da Belas Letras. Será o segundo e último reajuste de 2023.

AINDA É POSSÍVEL ECONOMIZAR MESMO COM O REAJUSTE?

A resposta é SIM! Comprando até o dia 31 de agosto você ainda consegue comprar na loja on-line da editora com os preços atuais dos títulos, além de ter mais algumas opções para economizar como:

✔️ No pagamento via pix você ganha 4% OFF

✔️ Desconto progressivo cumulativo: na compra de 2 livros você ganha 3% OFF; para 3 livros 5% OFF e para 4 livros ou mais 8% OFF; 

✔️ Parcelamento em até 6x SEM JUROS com parcela mínima de R$49,00;

Aproveite o mês de agosto para abastecer sua estante aproveitando o preço atual dos títulos.